sábado, 16 de novembro de 2019

Perigo! Onde Você Passará a Eternidade?

Essa pergunta solene está diante de você. A vida está se desvanecendo rapidamente. Logo você entrará para a eternidade. Você vai passar a eternidade no céu com o Senhor Jesus Cristo, ou no inferno com o diabo e seus anjos? Você não tem outras opções além dessas duas.

Eu lhe faço um apelo: aceite a Cristo antes que seja tarde demais. Aceite a oferta da salvação de Deus. Não adianta tentar limpar sua vida primeiro pelos seus próprios esforços. Confesse a Ele que você é um pecador e que você O deseja como seu Salvador. "Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" (Atos 2:21).

Cada tique-taque do relógio nos aproxima cada vez mais da ETERNIDADE. Cristo está batendo à porta de seu coração agora. "Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação" (2 Coríntios 6:2).

A Palavra de Deus nos diz para aceitarmos Cristo AGORA, não amanhã. Não, querido(a) amigo(a), amanhã pode ser tarde demais. "Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará" (Provérbios 27:1).

A morte pode reivindicá-lo(a) a qualquer momento. Você está preparado(a) para se encontrar com um Deus santo? "Como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" (Hebreus 9:27).

"Aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo" (Apocalipse 20:15).

O livro da vida


Deus mantém livros. Seu nome pode estar escrito no livro de registros ou de membros de alguma igreja, mas será que está escrito no livro da vida do Cordeiro no céu? Imploro-lhe que resolva essa questão tão importante AGORA MESMO.
Eternidade! Onde? Oh, amigo, cuidado!
Pois logo Deus não mais Seu juízo retardará;
Eternidade! Onde? Oh! Eternidade! Onde?
Esta noite pode decidir tua Eternidade: Onde?
 
Eternidade! Onde? Eternidade! Onde?
Logo o Salvador virá para os que são Seus:
Portanto não vás dormir nem aceites do mundo qualquer coisa,
Até que tenhas respondido essa pergunta -- Eternidade: Onde?
Pare e pense por um momento no que Cristo fez na cruz do Calvário por você e por mim, pecadores merecedores do inferno que somos. Ele levou o juízo e a ira de Deus sobre Si. Ele derramou Seu precioso sangue para nos limpar de todos os nossos pecados e nos tornar aptos para Sua presença.

O Imenso Custo


Pense no que custou para o Senhor da glória entrar neste mundo, arruinado pelo pecado, para morrer para que possamos viver com Ele no céu. Foi um amor maravilhoso!

"Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos" (João 15:13).

"Que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" (Marcos 8:36).

"Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa" (Atos 16:31).

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei" (Mateus 11:28).

Um evangelista, certa vez, pediu permissão ao guarda de uma prisão para ver um criminoso que seria enforcado na manhã seguinte. O guarda lhe disse que ele podia ficar com o homem por apenas três minutos. Ele, então, citou-lhe João 3:16.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Ele também citou algumas outras passagens, e ao final dos três minutos, saiu.

No dia seguinte, o servo do Senhor ouviu falar que o prisioneiro morreu com a palavra "Jesus" em seus lábios. Ele confessou ser um pecador e que precisava de um Salvador. Deus, assim, em Sua maravilhosa graça, o salvou no último momento -- quando estava a ponto de entrar na eternidade.

Que esse incidente possa despertá-lo em seu caminho e que faça com que você se volte ao Senhor Jesus. Ele está pronto e desejoso a salvá-lo. Pode ser que Ele não dê a VOCÊ uma chance de ser salvo no último momento, como fez com o pobre criminoso. O tempo de Deus para você é AGORA.

Você pode dizer: "Bem, eu faço o melhor que posso e vou à igreja". Sim, mas boas obras e ir à igreja não salvam ninguém. A salvação vem somente através da confiança que você põe no Senhor Jesus, que morreu pelos pecadores. Todas as boas obras que você faz sem antes ter recebido gratuitamente a salvação de Deus são como trapos de imundícia aos olhos de Deus. (Veja Isaías 64:6)

Eu imploro-lhe mais uma vez: aceite a Cristo como seu Salvador agora, antes que seja tarde demais.

domingo, 10 de novembro de 2019

O Ato Mais Corajoso de "Braço Torto"

Braço Torto, um poderoso chefe da tribo Cree, era muito conhecido por suas ousadas façanhas em guerra. Em uma batalha contra os índios da tribo Blackfoot, seu braço ficou gravemente ferido. Depois de curado, o braço ainda ficou rígido e torto. Assim, seu povo o chamava de "Maskepetoom", que significa "Braço Torto".

O chefe Maskepetoom tinha apenas um filho, a quem ele amava muito. Um dia, ele enviou seu filho juntamente com um outro índio bravo a um vale onde os cavalos da tribo eram mantidos. Eles deviam cuidar dos cavalos, mas seu companheiro, traiçoeiro, matou o filho de Braço Torto e vendeu os cavalos. Então, ele retornou ao acampamento e disse ao chefe que seu filho tinha sido morto quando caiu de um alto penhasco e que os cavalos haviam fugido.

De algum modo, o chefe Braço Torto descobriu a traição. Uma raiva feroz encheu seu coração, e ele prometeu matar o índio mentiroso.

Nessa época ele recebeu um visitante. À noite, o visitante se sentou com eles em volta do fogo, falando-lhes sobre Jesus. Ele lhes contou sobre o grande amor de Deus por eles e por todas as pessoas. Ele explicou que Deus tinha enviado Seu Filho para morrer por eles. Ele lhes contou sobre como, quando Jesus estava morrendo na cruz, Ele orou pelos homens cruéis que O tinham pregado ali, dizendo: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem" (Lucas 23:34).

"Deus perdoará os seus pecados se vocês confiarem em Jesus como Salvador", disse o visitante. Então ele acrescentou: "Vocês devem perdoar uns aos outros, assim como Deus, por amor de Cristo, lhes perdoou."

O chefe Braço Torto ouvia atentamente. As palavras estavam começando a perfurar seu coração.

Um dia, o chefe estava cavalgando pela pradaria com alguns dos homens de sua tribo. À distância, ele pôde ver outros se aproximando. Os olhos de águia de Braço Torto avistaram, dentre eles, o índio que havia matado seu filho. Segurando seu machado de guerra, ele instou seu cavalo a galopar. Parando na frente dos outros índios, ele olhou silenciosamente para o jovem. Seu rosto estava impassível, seus lábios endurecidos, seus olhos como negras poças de amargura. Ele se sentava reto e imóvel em sua sela.

O jovem tremeu diante do olhar do chefe e baixou seus olhos. Todos aguardavam tensos, esperando que, a qualquer momento, o chefe levantasse seu braço e desferisse o golpe fatal.

Finalmente, o chefe falou: "Você matou meu único filho. Você merece morrer pela lei da tribo."

O chefe fez um valente esforço para controlar suas emoções e então falou, em tom de voz mais baixo: "Eu ouvi falar sobre o Grande Espírito. Se o Grande Espírito nos perdoa, devemos também perdoar os outros. Devemos até mesmo perdoar nossos inimigos." A voz do chefe tremia. "Você é meu pior inimigo! Mas, como o Grande Espírito me perdoou, agora eu também em liberdade te perdoo."

Assim dizendo, ele colocou sua arma de volta no cinto, deu a volta e partiu em uma nuvem de poeira.

Perdoar seu inimigo foi a coisa mais difícil que ele já havia feito. Foi o seu ato mais corajoso.

Assim o chefe Maskepetoom tornou-se um humilde seguidor do Senhor Jesus. Ele não mais travava guerras. Em vez disso, ele aprendeu a ler a Bíblia na língua Cree e começou a falar aos outros sobre Jesus. Ele até mesmo evangelizava seus velhos inimigos da tribo Blackfoot. Anteriormente, ele os atacava com ódio e assassinato em seu coração. Mais tarde, ele os visitou com amor e compaixão. Cristo tinha transformado o chefe.

O santo Filho de Deus, o Senhor Jesus, fez algo ainda maior -- muito maior -- do que o que Braço Torto fez ao seu inimigo. O Salvador não apenas perdoa aqueles que buscavam Sua vida para matá-Lo, como também, de fato, morreu na cruz por eles. "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus" (João 3:17,18).

Fonte: https://bibletruthpublishers.com/gospel-tract-crooked-arms-bravest-deed-full-color-gospel-tract-native-american/pd40472

sábado, 17 de agosto de 2019

De Dentro para Fora


Aqui está uma pergunta para você: Você já parou para pensar se o buraco de minhoca em uma maçã foi feita a partir de dentro ou de fora da maçã? Produtores de maçã nos dizem que o verme fura o buraco a partir do coração da maçã, e é exatamente assim também que o verme do pecado começa no coração humano. O homem nasce um pecador por natureza como resultado do pecado do primeiro homem, Adão. Quando o homem comete pecado, torna-se um pecador por prática — a condição do seu coração torna-se manifesta.

“Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe” (Salmos 51:5).

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” (Jeremias 17:9).

“Do coração procedem os maus pensamentos” (Mateus 15:19).

Os produtores de maçã podem eliminar o verme ao aplicarem o inseticida correto no momento certo, e a única forma de termos nossos pecados removidos é aplicando o sangue de Jesus Cristo aos nossos corações pela fé nEle.

“O sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado” (1 João 1:7).

Jim Hyland

domingo, 7 de abril de 2019

Ataque de Cobra

Snake Attack
Kitty amava uma luta de verdade! Se ele não pudesse persuadir alguma coisa viva a lutar com ele, ele atacaria qualquer coisa que pudesse achar para "fingir" ter uma briga! Estranhamente, ele gostava especialmente de brigar com coisas longas e redondas, tais como um cabo de vassoura, uma vareta, ou um bom pedaço de corda.


Um dia, o bebê estava brincando no chão da varanda, e Kitty não estava muito longe dali. De repente, o gatinho viu algo que era longo, arredondado e preto! Não era um cabo de vassoura nem um pedaço de corda, pois estava vivo e se movendo pelo chão em direção ao bebê!

Kitty talvez não soubesse que se travava de uma cobra venenosa que machucaria o bebê, mas porque amava uma boa briga, ele voou para cima daquela cobra preta e longa com todas as suas forças. A cobra ficou subitamente surpresa com o gatinho encima dela, mordendo aqui e ali com seus dentes afiados e rosnando ferozmente.

Alguns segundos depois, mamãe correu para a varanda ao ouvir seu bebê chorando. Rapidamente ela pegou o bebê no colo para ver se ele tinha alguma ferida. Em uma das perninhas ela viu marcas das presas da cobra, mas não estava vermelho nem inchado. Então ela viu o gatinho, que a cobra tinha matado, deitado no chão da varanda, seu corpinho inchado em muitos lugares pelas mordidas venenosas da cobra.

Então mamãe percebeu o que tinha acontecido. O gatinho não tinha desistido de lutar apesar da cobra ter mordido ele várias vezes, até que ele ficou tão fraco que não podia mais lutar. Então, antes de ir embora, a cobra atacou uma vez a perna do bebê, mas ela não tinha mais veneno, e assim a vida do bebê foi salva!

MAIS VENENO

Isto me lembra dAquele que voluntariamente tomou a picada venenosa do pecado e da morte e morreu em meu lugar, o Senhor Jesus! O pequeno gatinho era corajoso, mas ele não sabia o que estava fazendo. O Senhor Jesus conhecia a negrura do meu pecado e do seu. Ele conhecia, também, a punição terrível que o pecado merecia, e Ele por Sua própria vontade tomou a punição quando morreu na cruz para que pudéssemos viver!

VITÓRIA

Agora não há mais a picada venenosa da morte para aqueles que O aceitaram como Salvador. "Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? ... Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Coríntios 15:55,57). Agora temos o céu e a alegria eterna! Você já confiou nEle?

"Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo [punição] que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados" (Isaías 53:5).

"Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5:8)

domingo, 17 de março de 2019

Vovô, Vovó e o Passarinho

Os três filhotes de passarinho se sentiam seguros, aquecidos e bem acolhidos juntos no pequeno ninho. O pai e a mãe pássaro tinha construído o ninho no pinheiro perto da casa do vovô e da vovó. Quando a mãe e o pai dos passarinhos voltaram para o ninho com uma pequena e gorda minhoca, a paz e silêncio do ninho desapareceu enquanto cada filhote tentava dizer o quão famintos estavam!

Foi um pequeno ninho feliz até que uma noite um vento frio e tempestuoso começou a soprar. Na manhã seguinte a vovó olhou pela janela para ver como estava a família de passarinhos. Infelizmente, ela viu que o ninho deles não estava mais aninhado entre os galhos do pinheiro. Correndo para fora, ela encontrou parte do ninho no chão. Ali perto, ela encontrou um dos filhotinhos, que parecia mais morto do que vivo. Apesar da vovó ter procurado cuidadosamente, ela não conseguia encontrar os outros dois.

O Passarinho Resgatado

A vovó sempre cuidou dos animais doentes e machucados, e ela sabia bem o que tinha que fazer. Ela gentilmente carregou o passarinho até sua casa aquecida onde ela podia protegê-lo e tomar conta dele. Todo o seu cuidado parecia funcionar maravilhosamente -- rapidinho o passarinho já estava saudável novamente.

O vovô encontrou uma velha gaiola e a consertou para que fosse um lar acolhedor e temporário para o passarinho. Ele pendurou a gaiola em frente à janela que dava para o pinheiro.

O vovô e a vovó fizeram tudo o que podiam para fazer o passarinho feliz em seu novo lar. Não demorou muito para que ele cantasse para eles quando chegavam perto da gaiola. Ele abria o bico e, um instante depois, sua barriguinha estava cheia de boas frutas e sementes.

O vovô e a vovó começaram a ver o pai dos passarinhos voando do lado de fora da janela, tentando pegar seu filhote. Mas a janela que lhe permitia ver o filhote não lhe permitia voar até o novo lar de seu filhotinho.

Isto deu ao vovô uma ideia. Ele levou a gaiola para fora, colocou-a perto do pinheiro e abriu sua portinha. Não demorou muito para que o pai do passarinho viesse descendo a árvore com uma minhoca para o passarinho. Ele entrou direto dentro da gaiola, alimentou seu bebê faminto, e foi embora novamente para pegar mais!

Com todo esse amoroso cuidado, demorou pouco para que um saudável passarinho, juntamente com seu pai, estivesse desfrutando da liberdade do céu azul.

Mais Cuidados Amorosos

Lembra-se da triste cena em que o passarinho caiu do ninho e não podia fazer nada para ajudar a si mesmo? Você sabia que todas as crianças caíram no pecado e não podem ajudar a si mesmas? A Bíblia diz que "todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:23). E pior ainda, Deus também nos diz que apenas um pecado é suficiente para não nos deixar entrar em Seu lar no céu. Que triste figura das crianças desamparadas, e dos adultos também!

Sabemos que se o passarinho tivesse sido deixado no chão, ele teria morrido ali. Ele precisava de alguém para salvá-lo. Não é reconfortante que a vovó tenha cuidado do passarinho e salvo sua vida? Ela foi sua salvadora.

E se você e eu ainda estivermos em nossos pecados quando morrermos, seremos punidos por nossos pecados por toda a eternidade. Precisamos de alguém que nos salve. E ficamos contentes em lhe contar que há um Salvador para você e para mim também. Deus proveu esse Salvador; Seu nome é Jesus. Porque Deus nos ama tanto, Ele enviou Seu próprio Filho para morrer na cruz do Calvário. Ela levou o castigo pelos pecados de cada menino, menina e adulto que O receba como seu Salvador. Os pecados de cada pessoa que aceita Jesus como seu Salvador se foram para sempre, e eles viverão na própria casa de Deus no céu quando sua vida aqui terminar. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Um dia, em breve, o Senhor Jesus voltará para levar ao céu todas as crianças e adultos que Ele salvou de seus pecados. Você vai com Ele para viver em Seu lar feliz?

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Bolacha, a Gata Valente

Bolacha era apena uma gatinha, mas era uma mãe muito orgulhosa de seus filhotes. Certamente ela não queria que nenhum mal acontecesse a eles.

Um dia, um amigo nosso veio nos visitar, e ele trouxe seu grande cachorro da raça pastor alemão. Logo que viu a gata, ele saiu atrás dela.

"Nossa, é melhor resgatar sua gata! Esse cachorro vai parti-la em pedaços!", exclamou nosso amigo.

Eu comecei a correr em direção à gata, mas não havia necessidade. Bolacha estava parada com suas costas arqueadas, seu pelo arrepiado e seus olhos ardendo de raiva. Em um momento o cachorro estava na frente dela, e as garras da frente da Bolacha arranhavam seu focinho, alcançando seus olhos. Aquele cachorrão enfiou o rabo entre as pernas e atravessou o quintal uivando de dor. Logo depois ele saiu correndo para fora do portão. Seu dono não podia acreditar no que via.

Bolacha seguiu o cachorro por um tempo e então voltou para seus gatinhos. Ela deu várias olhadas para trás para ter certeza de que o cachorro não tinha mudado de ideia e voltado. Os gatinhos nem mesmo sabiam que estiveram em perigo, mas Bolacha sabia e os protegeu.

Se você confiou no Senhor Jesus como seu Salvador, como Aquele que fez os céus e a terra, então Deus no céu é seu Pai. Ele é maior e mais forte do qualquer um ou qualquer coisa, e Ele promete nunca deixar ou abandonar qualquer um de Seus filhos. "Não te deixarei, nem te desampararei" (Hebreus 13:5).

Você se pergunta como pode se tornar um de Seus filhos e ter a certeza de ser protegido por Ele? Você só precisa orar ao Senhor Jesus onde você estiver. Diga a Ele que você é um pecador e que precisa dEle para que seus pecados sejam perdoados e para que você seja recebido em Sua família. "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus" (João 1:12,13). Ele nos diz: "Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu" (Isaías 43:1).

Você é um de Seus filhos e já desfruta de Sua proteção? 

domingo, 10 de dezembro de 2017

Apenas Perto Não Conta

Um ateu disse raivosamente a um companheiro cristão: "O evangelho que você prega não fez muito bem ao mundo. Há muita maldade e sofrimento no mundo. Eu não creio e nunca aceitarei sua religião."

Os dois continuaram sua caminhada.
Logo passaram por um garoto muito sujo brincando com lama. O cristão virou-se para o ateu, que era um fabricante de sabão. "Seu sabão não fez muito bem ao mundo. Veja, o garoto está sujo, e há muita sujeira no mundo. Eu não creio no seu sabão."

"Mas", respondeu o fabricante de sabão, "meu sabão é muito bom, se for aplicado".

"De modo similar", respondeu o cristão, "'o evangelho de Cristo... é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê', e todos os que creram certamente descobriram a verdade dessas palavras. O problema com você é que você nunca aplicou o evangelho a sua PRÓPRIA alma, do mesmo modo como o menino sujo não aplicou seu sabão em seu corpo."

Você Já Aplicou o Evangelho?


Você já aplicou o evangelho? Você já recebeu o evangelho de Deus para si mesmo e encontrou nele o poder de Deus para sua própria alma?

Pense no seu celular por um momento. Você conectou o cabo do carregador ao lado do telefone firmemente. Você empurra a outra ponta através do emaranhado de cabos até a tomada. Mas a luz de carregamento não acende. Você culpa o fabricante, mexe no cabo e reclama a qualquer que estiver por perto. Então chega um amigo e se abaixa na selva de cabos próxima à tomada. Ele empurra o plugue firmemente na tomada e a luz de carregamento se acende. Os pinos estavam alinhados aos buracos da tomada, mas o cabo estava solto. Para todos os propósitos práticos, apenas estar "perto" não conta. Deve haver o contato.

Assim é com o evangelho. Deve haver o contato. Deve haver uma transação pessoal entre sua alma e o Salvador. Verdadeiramente Ele morreu na cruz por toda a humanidade, para fazer um sacrifício expiatório pelo pecado, permitindo que Deus, um Deus de amor, ofereça justamente salvação e perdão ao homem culpado. "Jesus Cristo... o qual se deu a si mesmo em preço de redenção por TODOS" (1 Timóteo 2:6). E se é por todos, então é para VOCÊ. Mas para receber perdão e salvação isto deve ser aceito. Deve ser aplicado. Deve haver contato. Você consegue enxergar isto?

Você Está Levando Isto a Sério?


Você está viajando para a eternidade. O tempo é muito curto, e a eternidade é para sempre. A Bíblia nos diz claramente que há tanto um céu como um inferno. Ela não nos diz nada sobre impuros entrarem no céu; assim ela é perfeitamente clara ao mostrar que nenhum pecador em seus pecados pode jamais entrar lá, e você tem pecados.

Mas ela é também perfeitamente clara de que nenhum pecador, que realmente e verdadeiramente confie no Salvador como seu Salvador, será rejeitado, senão nosso Senhor não teria pronunciado aquelas palavras tranquilizadoras: "O que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora" (João 6:37).

Novamente eu pergunto: Você está levando isto a sério? Acredite em mim, há o suficiente nessa mensagem para salvar sua alma. Estude-a cuidadosamente. Compreenda seu significado. Arrependa-se de seus pecados. "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo" (Atos 16:31).

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

"Seja-vos pois notório... que por este se vos anuncia a remissão dos pecados. E de todas as coisas... por ele É justificado todo o que crê" (Atos 13:38,39). "Escrevi-lhes estas coisas, a vocês que creem no nome do Filho de Deus, para que vocês SAIBAM que TÊM a vida eterna" (1 João 5:13).

Novamente eu pergunto, e lembro que as questões da eternidade dependem de sua resposta: Você já aplicou o evangelho a sua alma?

Postagens populares