domingo, 22 de março de 2020

Como a Ovelha Perdida foi Encontrada

Ao entrar no casebre miserável em um distrito pouco habitado na Irlanda, olhei ao redor e não encontrei nenhum sinal de habitantes, a não uma senhora que se sentava agachada às brasas de uma lareira. Ela se levantou quando eu entrei e me ofereceu seu banquinho. Agradeci e, ao chegar mais perto, vi que havia em um canto da cabana um monte de palha, sobre o qual estava deitado um pobre moribundo. Eu me aproximei e vi um jovem de cerca de dezessete anos, evidentemente em estado de extremo sofrimento e exaustão e, como era de se temer, no último estágio de sua vida.

Seu olhos estavam fechados, mas ele os abriu enquanto eu me aproximava e me olhou com uma expressão de surpresa, como um animal assustado. Eu lhe disse, o mais calmamente possível, quem eu era e o motivo pelo qual eu tinha ido, e fiz-lhe algumas das perguntas mais simples possíveis sobre sua esperança de salvação. Ele não respondeu; ele parecia totalmente alheio ao que eu estava perguntando. Ao falar com ele com bondade e afeição, ele olhou para cima, e, pelas poucas palavras que proferiu, descobri que ele tinha ouvido algo sobre um Deus e um julgamento futuro, mas nunca ninguém o tinha ensinado a ler. As Escrituras Sagradas eram um livro selado para ele, e era totalmente ignorante sobre o caminho da salvação que nos é revelado no evangelho. Seus pensamentos sobre esse assunto eram como um quadro em branco.

Desespero


Fiquei impressionado com o desespero e desalento que ele expressava. Ali estava uma criatura, semelhante a mim, cuja alma imortal, aparentemente pendendo à beira da eternidade, estaria em breve salva ou perdida eternamente. Não havia tempo a perder, e o que eu deveria fazer? Que caminho eu deveria tomar para começar a ensiná-lo o básico do cristianismo?

Poucas vezes na minha vida eu tinha sentido um aperto tão grande dentro de mim. Eu não podia fazer nada, mas, por outro lado, Deus podia fazer tudo. Eu, portanto, elevei meu coração e pedi ao meu Pai celestial, pelo amor de Cristo, que me guiasse e que me abrisse, pelo Seu Espírito de sabedoria, um caminho para que eu apresentasse as boas novas da salvação, de modo que pudessem ser entendidas por aquele pobre garoto. Fiquei em silêncio por alguns momentos, enquanto orava silenciosamente e olhava, com profunda ansiedade, para o rapaz diante de mim. Ocorreu-me que eu deveria tentar descobrir até que ponto ia sua compreensão sobre outras coisas, e se poderia haver alguma esperança razoável de que me entendesse quando eu começasse a expor-lhe a mensagem do evangelho da salvação. Eu olhei para ele com uma piedade que eu sentia com grande sinceridade, e acho que ele percebeu esse olhar compassivo, pois parece ter se acalmado quando eu disse: "Meu pobre garoto, você está muito doente; você deve estar sofrendo muito".

"Sim, eu peguei uma gripe terrível; a tosse tira o meu fôlego e me machuca muito."

"Faz tempo que você está com essa tosse?", perguntei.

"Oh sim, faz muito tempo, já faz quase um ano."

"E como você pegou essa doença? Eu pensava que um garoto como você, criado em condições tão difíceis, fosse acostumado a esse ar das montanhas!"

"Ah", ele respondeu, "e assim eu era até aquela terrível noite. Era mais ao menos essa época do ano passado, quando uma das ovelhas se perdeu. Meu pai cuida de algumas ovelhas nas montanhas, e é assim que vivemos. Quando ele as contou aquela noite, havia uma faltando, e então ele me enviou para procurá-la."

Uma Noite Amarga


"Sem dúvida", respondi eu, "você sentiu a diferença do calor da lareira desta pequena cabana para o frio tremendo da montanha."

"Oh, sim! Havia neve no chão, e o vento me cortava, mas eu não me importei muito, pois estava ansioso demais por encontrar a ovelha do meu pai."

"E você a encontrou?", perguntei com maior interesse.

"Oh sim, eu tinha um longo e cansativo caminho a percorrer, mas nunca parei até encontrá-la."

"E como você a levou para casa? Sem dúvida você deve ter tido bastante dificuldade com isso também. Ela estava disposta a segui-lo?"

"Bem, eu preferi não confiar muito que ela me seguiria, e além disso ela estava cansada demais, então eu a coloquei sobre meus ombros e a carreguei assim até chegar em casa."

"Devem ter ficado muito felizes ao vê-lo retornando com a ovelha, não é mesmo?"

"Com certeza sim", respondeu. "Meu pai, minha mãe e as pessoas que moram aqui por perto que ficaram sabendo de nossa perda vieram na manhã seguinte para perguntar sobre a ovelha, pois os vizinhos aqui, quando se trata desses assuntos, são muito bondosos uns com os outros. Eles lamentaram, também, ao ouvirem que fiquei fora a noite inteira; já era manhã quando cheguei em casa, e no final, peguei esse resfriado. Minha mãe diz que nunca ficarei melhor agora; só Deus sabe. De qualquer modo, eu fiz o meu melhor para salvar a ovelha."

"Maravilha!", pensei. "Aqui está toda a história do evangelho. A ovelha se perdeu; o pai envia seu filho para buscá-la e recuperá-la. O filho vai de boa vontade, sofre tudo sem reclamar, e no final sacrifica sua vida para encontrar a ovelha. Quando ela é encontrada, ele a leva para casa sobre seus ombros, a devolve ao rebanho e se alegra com seus amigos e vizinhos pela ovelha que estava perdida, mas que foi encontrada." Minha oração foi respondida, o caminho que eu devia seguir tinha ficado claro, e pela graça de Deus eu aproveitei essa oportunidade. Expliquei ao pobre e moribundo garoto o plano da salvação, fazendo uso de sua própria simples e tocante história. Eu li para ele os poucos versículos no capítulo 15 do Evangelho de Lucas, onde o cuidado do pastor pela ovelha perdida é tão belamente expressado, e ele imediatamente percebeu a semelhança e me acompanhou com profundo interesse enquanto eu lhe explicava por inteiro o significado da parábola.

O Bom Pastor


O Senhor misericordiosamente abriu, não somente seu entendimento, mas também seu coração, para receber as coisas que falei. Ele próprio era a ovelha perdida, e Jesus Cristo, o Bom Pastor que foi enviado pelo Pai para buscá-lo, tendo deixado todas as alegrias daquela glória celestial com o Pai para vir à Terra e procurar por ele e outros perdidos como ele. Assim como o pobre garoto tinha suportado, sem reclamar, a congelante tempestade de neve e o vento cortante, assim também o bendito Salvador suportou a feroz contradição dos pecadores contra Ele próprio e o amargo juízo de um Deus santo e justo, sem abrir Sua boca para proferir uma palavra de queixa sequer. E, por fim, Ele entregou Sua vida preciosa para que pudéssemos ser regatados da destruição e levados em segurança para nosso lar eterno. Tampouco Ele deixaria Seus amados, quando regatados, andarem sozinhos pelo caminho perigoso -- Ele mesmo os leva sobre Seus ombros, regozijando-Se, para o rebanho celestial.

O pobre rapaz doente parecia beber tudo. Ele recebeu tudo. Ele entendeu tudo. Eu nunca vi uma prova tão clara do poder do Espírito divino aplicando a Palavra de Deus. Ele viveu, após nosso primeiro encontro, por apenas mais alguns dias. Eu não tive tempo de ler ou expor a ele nenhuma outra porção das Escrituras. Algumas vezes, não se conseguia ouvir nada além de uma tosse sufocante; outras vezes, dormia profundamente. Mas sempre que ele conseguia pensar e ouvir, esses versículos do capítulo 15 de Lucas o satisfaziam e animavam. Ele aceitou a Cristo como seu Salvador; ele orou sinceramente para ser levado para o lar, assim como a ovelha perdida, para os braços do Pastor celestial. Ele morreu humildemente, em paz, quase exultante, com o nome de "Jesus, meu Salvador e meu Pastor", as últimas palavras que saíram de sua boca.

"Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos" (Isaías 53:6).

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido" (Lucas 19:10).

terça-feira, 17 de março de 2020

Como Deus Ama os Muçulmanos

Deus ama cada muçulmano, assim como Ele ama você. A Palavra de Deus, a Bíblia, nos diz: "Deus é amor". Por que Ele é o que é, Deus ama todos os homens e é bom para com todos os homens, e Ele deseja profundamente que as pessoas confiem nEle e que seja conhecido por todos. Considere essas declarações de Sua Palavra:

"Deus é amor" (1 João 4:16).

"Isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade" (1 Timóteo 2:3,4).

"O Senhor... não quer que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se" (2 Pedro 3:9).

"Não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:22,23).

Deus é muito bom! Ele perdoa tanto o melhor quanto o pior dos pecadores. Todo pecado é antes de tudo uma ofensa contra Deus. Apenas Ele pode perdoar nossos pecados, e apenas Ele poderia prover a maneira pela qual podemos receber o perdão que tão desesperadamente precisamos:

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus" (João 3:16-18).

Deus enviou Seu Filho para morrer na cruz do Calvário. Naquela cruz, enquanto contemplava aqueles que O odiaram e crucificaram, Jesus disse: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem" (Lucas 23:34). Qual foi a resposta de Deus? "Seja-vos, pois, notório, homens irmãos, que por este se vos anuncia a remissão dos pecados. E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê" (Atos 13:38,39).

Mas a Palavra de Deus também nos diz que "Deus é luz" (1 João 1:5). Porque Deus é santo e justo, Ele não pode simplesmente ignorar ou passar por cima do pecado, porém, também porque Ele é santo e justo, Ele providenciou uma maneira santa e justa de tirar nossa culpa:

"Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação... Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus" (2 Coríntios 5:19,21).

Por causa de quem Ele é e por causa de quem Jesus é -- por causa de Seu próprio caráter perfeito e imutável, por causa da obra perfeita do perfeito Salvador na cruz, e por causa da ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo -- Deus agora oferece gratuitamente esperança (expectativa com certeza) garantida e certa para todo e qualquer um que confie nEle e O receba.

"Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras" (1 Coríntios 15:3,4).

"Em esperança (expectativa com certeza) da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos" (Tito 1:2).

"O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor" (Romanos 6:23).

Em nenhum outro lugar você poderá encontrar tal amor, tal perdão, tal esperança, e tal segurança! Deus merece que você nEle confie. Jesus merece que você nEle confie. O próprio Jesus disse: "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" (João 14:6).

"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" (Atos 4:12).

Agora, o que você fará com uma tão bela salvação, um tão rico presente, um tão grande Deus, um tão incrível amor, e um tão maravilhoso Salvador? Essa oferta merece sua atenção urgente e sua aceitação grata e imediata. As pessoas às vezes falam da "oportunidade da sua vida". Esta é a oportunidade da sua eternidade.

"Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores" (1 Timóteo 1:15).

"Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo" (Atos 16:31).

domingo, 8 de março de 2020

Honre o Filho

Um homem muito rico tinha somente um filho, a quem ele amava muito. O filho também amava e honrava seu pai. Mas um dia, para a tristeza inconsolável do pai, o menino morreu. O pai, devastado, nunca se esqueceu de seu filho, e, um dia, ele próprio faleceu.

Quando os advogados vieram liquidar a propriedade, não puderam achar um vestígio sequer da vontade daquele senhor. Eles procuraram, sem sucesso, por um longo tempo, até que finalmente as autoridades ordenaram que a propriedade fosse vendida e sua situação resolvida de acordo com a lei.

No leilão dos bens, um dos artigos que foram colocados à venda foi um retrato do filho que tinha morrido. A foto tinha pouco ou nenhum valor para a maioria das pessoas presentes, mas dentre os licitante estava uma senhora que tinha cuidado do filho do homem rico quando ele era criança. Ela comprou a foto por uma quantia bem pequena, e apreciou essa recordação do garotinho que ela tinha amado e cuidado muitos anos antes.

Um dia, enquanto limpava e consertava o porta-retrato, a senhora descobriu um documento na parte de traz da foto, que na verdade era o testamento do homem rico. Ele havia deixado todos os seus bens para qualquer pessoa que gostasse o bastante de seu filho para desejar seu retrato. A senhora, então, ficou rica da noite para o dia.

UM OUTRO PAI


Há um outro Pai que amava muito Seu Filho. Ele viu Seu Filho, uma criança amável e obediente, tornar-se um jovem bondoso, compassivo e amável, que cumpriu tudo o que o Pai Lhe pediu para fazer. O Pai também viu Seu Filho ser maltratado e odiado pelos outros, porque Ele sempre fez o que era bom e correto. O Pai também viu Seu Filho voluntariamente sofrer e morrer em uma cruz. Mas o Pai sabia por que Seu Filho havia deixado que homens cruéis O pregassem em uma cruz -- foi para suportar o castigo pelos pecados dos outros.

É assim que Deus olha para o menino ou menina, o homem ou a mulher, que amam e honram Seu Filho. Não há nada tão bom, tão grande ou tão maravilhoso para quem ama e honra a Jesus, o Filho de Deus, em comparação com todo o resto.

Honestidade, trabalho duro, boas maneiras ou ajudar os outros nunca poderiam comprar o perdão dos pecados de Deus. Mas Seu coração transborda em bondade, amor e perdão para todos os que apreciam e confiam nos sofrimentos e na morte de Seu Filho na cruz.

O Senhor Jesus honrou Seu Pai perfeitamente em Sua vida e depois O honrou em Sua morte. E Deus concede a mais alta honra à obra de Seu Filho. Ele abençoa a todos que depositam sua confiança em Jesus com perdão e vida eterna.

Ele anseia por abençoá-lo(a). "O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece." (João 3:35,36)

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Ano Bissexto

2020 é o que chamamos de ano bissexto, e podemos perguntar: “Por que acrescentar um dia?” Esse dia a mais é necessário para manter nosso calendário alinhado com as voltas da Terra em torno do Sol. A Terra leva aproximadamente 365,242189 dias — ou 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 45 segundos — para dar a volta em torno do Sol. Isso é chamado de ano tropical. Sem o dia extra de 29 de fevereiro a quase cada quatro anos, perderíamos quase seis horas todo ano. Após 100 anos, um calendário sem anos bissextos estaria fora de sincronia por aproximadamente 24 dias em relação aos dias sazonais fixos, tais como o equinócio da primavera e o solstício de inverno.

Fonte: https://www.calendarr.com/brasil/ano-bissexto/

Com tudo isso em mente, uma coisa é certa: Temos mais um dia da graça de Deus, mais um dia para que pecadores aceitem o convite para virem em fé e arrependimento, para que recebam Sua maravilhosa dádiva da salvação. Deus está dando um dia a mais para você considerar esse assunto e ser salvo. Quatro vezes na Bíblia lemos: “Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações” (Salmos 95:7,8; Hebreus 3:7-8; Hebreus 3:15; Hebreus 4:7).

Se Deus repete algo quatro vezes, deve ser muito importante. De fato, o número 4 é o número universal de Deus. Ele está lhe fazendo, hoje, um apelo tanto universal quanto pessoal. Você está ouvindo e respondendo a esse apelo?

Jim Hyland

domingo, 9 de fevereiro de 2020

Humor Vazio

É simplesmente uma ilusão pensar que, ao vermos pessoas rindo e se entregando a gargalhadas e exaltações barulhentas, então é porque elas devem ser felizes! Uma risada alta ou uma piada vazia é frequentemente uma das coberturas que Satanás usa para ocultar um coração dolorido.

Um homem uma vez foi consultar um médico. Ele reclamava que sofria de uma depressão tão avassaladora que sua vida estava insuportável.

A Prescrição


O médico o examinou e, depois de um tempo, observou que ele só precisava de um pouco de diversão para desviar seus pensamentos de si mesmo. "Tente ler um romance animado -- esse seria o melhor remédio que poderia tomar."

O homem balançou a cabeça, como se duvidasse da prescrição, e então o médico disse novamente: "Bem, eu vou lhe dizer o que fazer para se animar. Vá ao teatro e veja o bem que isso lhe fará". Mais um balançar de cabeça mostrou que o paciente não tinha confiança na proposta.

"Bem", disse o doutor, "só consigo pensar em uma outra coisa ou pessoa que poderia te ajudar, e se isso não o fizer, serei incapaz de ajudá-lo. Vá ver aquele grande palhaço que acabou de chegar e que está atraindo grandes multidões com sua peça. Se você sofrer de depressão após ouvi-lo e assisti-lo, ficarei surpreso."

"Ah!", disse o pobre homem, profundamente angustiado. "Eu sou esse palhaço."

Duas Vozes


Há duas vozes em seu ouvido hoje, uma gritando promessas de prazer e diversão e tentando afogar a outra, "uma voz mansa e delicada", que repete carinhosamente: "Vinde a MIM, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei" (1 Reis 19:12, Mateus 11:28).

Esse descanso foi comprado para você por um alto preço. O Senhor Jesus deixou Seu trono no céu e desceu aqui para comprá-lo para você, e Ele agora lho oferece gratuitamente.

"Ele é a nossa paz" (Efésios 2:14).

"Alegria indizível" (1 Pedro 1:8, NVI).

Maravilhosa Notícia


Você já ouviu a maravilhosa notícia de que "Deus prova o seu amor para conosco, em que CRISTO MORREU POR NÓS, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5:8)?

Se você já ouviu, então aqui está o caminho de Deus para que você obtenha a vida eterna. Jesus disse:

"Na verdade, na verdade vos digo que quem

- OUVE a minha palavra, e 

- CRÊ naquele que me enviou

- TEM a vida eterna, e 

- NÃO ENTRARÁ EM CONDENAÇÃO, mas 

- PASSOU da morte para a vida" (João 5:24).

"OUVI, e a VOSSA ALMA viverá" (Isaías 55:3).

"Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo" (Romanos 10:9).

domingo, 2 de fevereiro de 2020

Tenha um Dia Feliz!

Você não precisa esperar até o seu aniversário ou algum feriado para celebrar. Por que não celebrar hoje mesmo?

A vida pode parecer maçante e apenas iluminada por um dia especial aqui ou ali. Mas um escritor na Bíblia tinha uma visão diferente: "Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele" (Salmos 118:24).

Motivo para Celebrar


Ele estava falando sobre todos os dias do ano -- não apenas os dias de folga ou de festas. O motivo para celebrar todos os dias é que cada dia é mais uma dádiva de Deus para nós!

O apóstolo Paulo sentia a mesma coisa. Ele escreveu: "Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!" (Filipenses 4:4). E quando ele escreveu essas palavras, ele estava em uma prisão em Roma!

Você não gostaria dessa confiança e alegria independente das circunstâncias? Não se trata de uma questão de colocar viseiras em torno dos olhos ou de ignorar a realidade. Em vez disso, trata-se de colocar sua confiança no Senhor Jesus e reconhecer que Ele se importa com você.

Quando você faz isso, todos os dias se tornam um dia especial. Não há mais necessidade, então, de vasculhar o calendário em busca de uma desculpa para celebrar.

Satisfação Pessoal


Você pode desfrutar pessoalmente dessa nova vida de Deus ao ouvir e receber o que Ele diz:

1. Reconheça que seus pecados separam você de Deus, e em arrependimento honesto admita que você precisa ser salvo(a). "Todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus" (Romanos 3:23). "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" (1 João 1:9).

2. Perceba que Deus te ama, e creia que Jesus Cristo morreu pelos seus pecados: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

3. Receba-O em seu coração pela fé, e confie nEle como seu Salvador: "A todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome" (João 1:12).

Se você respondeu com fé à Palavra de Deus e recebeu a Cristo como seu Salvador, você é um cristão, e desejará contar aos outros o que Cristo fez por você. "O Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus. E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes" (Marcos 16:19,20).

domingo, 12 de janeiro de 2020

Quer ir para o Céu?

INSTRUÇÕES: Marque abaixo o que você pensa que é necessário para ir para o céu.


( ) 1 - Obedecer às leis e mandamentos de Deus
( ) 2 - Doar para obras de caridade
( ) 3 - Fazer o seu melhor
( ) 4 - Viver uma boa vida
( ) 5 - Ajudar os outros
( ) 6 - Tentar obedecer à Regra de Ouro
( ) 7 - Dar dízimo, ou dar dinheiro para a igreja
( ) 8 - Ser membro de alguma igreja
( ) 9 - Frequentar a igreja regularmente
( ) 10 - Orações
( ) 11 - Jejuns
( ) 12 - Batismo nas águas
( ) 13 - Eucaristia ou Ceia do Senhor
( ) 14 - Nascer de pais cristãos
( ) 15 - Crisma
( ) 16 - Penitências
( ) 17 - Extrema Unção

AGORA veja a seguir e descubra se VOCÊ vai para o céu.

Nº 1: É impossível ir para o céu dessa forma. A Bíblia diz: "Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei." (Romanos 3:28).

Nº 2, 3 ou 4: Essas coisas nunca poderão salvá-lo(a). A Bíblia diz: "Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou" (Tito 3:5).

Nº 5, 6 ou 7: Boas obras não podem salvar ninguém. A Bíblia afirma: "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2:8,9).

Nº 8, 9, 10 ou 11: Não podemos ser salvos por obras, não importa o quão boas ou bem intencionadas elas sejam. "Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça" (Romanos 11:6).

Nº 12 ou 13: O batismo nas águas e a comunhão são para aqueles que já são salvos. Não são nossas obras que nos salvam, mas a fé em Cristo. A Bíblia diz: "Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça" (Romanos 4:5).

Nº 14: Isso também não pode salvá-lo(a). A Bíblia diz: "Não são os filhos da carne que são filhos de Deus" (Romanos 9:8). "Mas, a todos quantos o receberam [a Cristo], deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus" (João 1:12,13). Você deve nascer de Deus para ser salvo.

Nº 15, 16 ou 17: Essas são doutrinas criadas por homens e não são ensinadas na Bíblia. Deus diz: "Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens" (Mateus 15:9)

NÃO! Nenhuma dessas coisas pode te salvar. Você não pode fazer nada para merecer a vida eterna. É a fé no Senhor Jesus Cristo apenas que pode salvá-lo(a).

"E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê" (Atos 13:39).

O caminho para ter a vida eterna não pode ser encontrado no que nós mesmos fazemos, mas sim por possuirmos uma justiça perfeita que nos foi imputada (concedida). Recebemo-la quando cremos que o Senhor Jesus Cristo levou sobre Si os nossos pecados e pagou por eles por Sua morte na cruz. "Àquele [Cristo] que não conheceu pecado, [Deus] o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." (2 Coríntios 5:21).

Você não recebe a vida eterna trabalhando por ela ou tentando se comportar adequadamente. Você só recebe a vida eterna ao crer no testemunho que Deus deu de Seu Filho. Lembre-se, se você discorda dessas afirmações, você está chamando Deus de mentiroso. "Quem a Deus não crê mentiroso o fez... E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho" (1 João 5:10,11).

"Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus." (João 3:18)

APÓS ser salvo, a obediência a Deus traz amor, alegria, paz e felicidade para sua vida (Gálatas 5:22-23). Quando desobedecemos a Deus, Ele nos castiga, mas esse castigo nunca será o inferno. Deus lida conosco como um pai lida com seu filho (1 Coríntios 3:15; 5:5; 11:32).

Deus nunca nos lançará fora. "O que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora" (João 6:37).

Será que não faz sentido crer nAquele que ressuscitou dentre os mortos e confiar que Ele pagou pelos seus pecados? Faça isso agora e tenha certeza de ir para o céu quando morrer. Ele te ama. Agora mesmo, por que não se arrepender de seus pecados aceitando o pagamento que Ele fez pelos seus pecados, e aceitar a Jesus Cristo como seu Salvador pessoal? Você pode SABER que possui a vida eterna. "Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna" (1 João 5:13).

Cristo Morreu... Isso é a História.
Cristo Morreu por Mim... Isso é a Salvação!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele [coloque o seu nome aqui] que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16). Se você puder sinceramente colocar seu nome no espaço acima, você pode SABER que tem a vida eterna, pela autoridade da Palavra de Deus. "Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim TEM [possui agora] a vida eterna" (João 6:47).

Postagens populares